Urece participa do congresso Football for Hope da FIFA
julho 9, 2013
Histórias de Cego 0 – O Retorno
setembro 3, 2013

Urece é convidada para o maior encontro sobre deficiência no mundo

Logotipo da UN=Enable

Logotipo do evento, onde pode-se ler em inglês: "Quebre barreiras, abra portas"A Urece é uma das quatro instituições brasileiras selecionadas para participar do High Level Meeting on Disability and Development (em inglês, Encontro de Alto Nível para Deficiência e Desenvolvimento) da ONU, que acontecerá na sede principal, em Nova Iorque, no dia 23 de setembro. O encontro representa o debate mais importante no que tange o desenvolvimento mundial das pessoas com deficiência e acontece a cada dois anos. A Urece é a única entre as 191 organizações que tem como foco o esporte paralímpico como ferramenta de inclusão social.

Para a Urece, o convite, desde já, representa o reconhecimento de que o trabalho realizado na base também abre espaço para novos diálogos. É a recompensa para a mudança que a ONG proporciona e o poder de impactar na decisão do futuro de pessoas com deficiência. É fundamental pensar as políticas de inclusão não só para mas também por pessoas com deficiência. Esse é um aspecto da essência da Urece. Por isso, fazem parte da equipe de representantes Anderson Dias e Fillipe Silvestre. Ambos cegos totais e que têm experiência pessoal como atletas e empreendedores. “Não consigo ver melhores representantes para esse encontro para falar sobre pessoas com deficiência visual e o esporte no Brasil”, diz Gabriel Mayr, gerente de relações institucionais da Urece.

O objetivo da associação é aprender com os maiores expoentes do mundo na área de políticas de pessoas com deficiência. Além disso, defender a importância do esporte como ferramenta de transformação social, já que existem poucos representantes dessa área. Mas a grande meta é que, ao retornar, a Urece tenha ainda mais reconhecimento e possa levantar discussões que colaborem para tornar o país uma referência em inclusão social.

Foto do prédio da sede da ONU em Nova Iorque, com bandeiras de diversos países à frente.

Sede da ONU em Nova Iorque

Com o tema “Quebrar barreiras e abrir portas”, a ONU acredita que o encontro é estratégico já que acontece cinco anos após a Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência entrar em vigor e a dois anos das Metas de Desenvolvimento do Milênio 2015, que busca definir a agenda de novas prioridades de desenvolvimento mundial. A questão da deficiência não estaria em pauta no MDM, entretanto a ONU reconhece o assunto como essencial para alcançar os objetivos.

A Urece está em busca de parceiros que possam patrocinar a participação da ONG no encontro. A associação não tem patrocínio fixo nem de empresas públicas nem privadas.

Dados importantes sobre a deficiência visual: No Brasil, 6,5 milhões de pessoas têm deficiência visual total ou severa e, de acordo com dados do World Report on Disability, a cada cinco segundos uma pessoa no mundo se torna cega.

1 Comentário

  1. andre disse:

    Acredito na capacidade de uma atitude democratica para mudar o futuro de uma nação
    acredito em gesto simples sem mascaras, sem armas sem ofensas
    acredito em um dia melhor para todos

    a URECE pode mudar uma vida
    porque indica um caminho.

Deixe uma resposta para andre Cancelar resposta

Curta vocë também a Urece no Facebook!