Os esportes praticados por pessoas com deficiência vem ganhando, nos últimos anos, notoriedade e respeito. Os atletas já não são vistos mais como vítimas, mas como vencedores, pessoas que superaram há muito tempo suas limitações e que praticam esporte em seu mais alto nível. Essa visão vem mudando graças ao trabalho de associações como a Urece, que valoriza a pessoa com deficiência, acima de tudo, por suas potencialidades. Atendemos a atletas, prioritariamente com deficiência visual, de todas as idades, nas modalidades de futebol (masculino e feminino), atletismo (masculino e feminino), natação (masculino e feminino), goalball (masculino e feminino). Para participar de uma dessas atividades, entre em contato conosco pelo e-mail contato@urece.org.br

Com inovadoras técnicas de trabalho e buscando sempre a excelência, os nossos treinadores são responsáveis por atletas desde os 7 anos de idade. Praticamos, desde a iniciação esportiva, quando a prática do desporto é mais comumente utilizada como ferramenta de desenvolvimento motor e de socialização, até o esporte de ponta, quando o atleta com deficiência, assim como qualquer outro, persegue recordes, vitórias e superação.

A Urece acredita que a prática esportiva permite que o indivíduo explore suas possibilidades corporais, combata a insegurança, o medo e a dependência causados pela ausência da visão. Assim, ele pode desenvolver suas potencialidades inibidas pela deficiência, pela falta de informação da família
e pelo preconceito que a sociedade insiste em manter. Os benefícios trazidos pelo esporte vão além: maior confiança e habilidade para locomover-se, noção de espaço mais aguçada, domínio de suas capacidades motoras, aprimoramento da audição, entre outros.

Assim, para nós, o esporte é uma ferramenta de inclusão social e de busca da cidadania, mas é também um meio de o deficiente se afirmar como  profissional de sua modalidade e ser valorizado e reconhecido como tal. Com base em histórias de sucesso de atletas que participam da Urece Esporte e Cultura, acreditamos que outros jovens possam seguir seus passos e se tornarem esportistas de alto nível.

Curta vocë também a Urece no Facebook!